3D -  62 - 14X21 - JEYSON.png

LANÇAMENTO EM BREVE!

LOGO CASA COMUM.jpg

DOXA

A Construção da

Crença Estabelecida

autor: JEYSON MESSIAS RODRIGUES

DOXA é a crença religiosa estabelecida em disputa com outras narrativas e seus agentes, pelo poder da produção da crença a ser reproduzida pelos demais integrantes de uma comunidade, todavia implicando múltiplas identidades que se distinguem e mesclam. É resultado de diálogos, aproximações, distanciamentos, tensões, conflitos, negociação, articulação, disputas entre diferentes narrativas pelo privilégio da hegemonia, em oposição às crenças que se tornarão, marginalizadas, demonizadas, proibidas. Todas essas narrativas têm diferentes representantes que também buscam ocupar espaços privilegiados em busca de legitimidade, status, prestígio e poder simbólico. Então a construção da DOXA abrange diversas variáveis: identidades, narrativas, e seus agentes representantes, que, por sua vez, estão inseridos em espaços comunitários, dentro dos quais se relacionam com diferentes grupos internos, e com grupos e comunidades externos, com os quais mantêm relação de identificação e articulação, ou de oposição e conflito.

Mas diferentes narrativas são constantemente ressignificadas em diferentes contextos. E os diferentes atores são permenentemente pressionados a negociar com diferentes grupos, as narrativas que representam, assumindo diferentes posturas a depender dos diferentes espaços nos quais se expõem. E esses mesmos atores também experienciam diferentes inclinações ao longo do tempo, a depender das diferentes fases que atravessem, sofrendo, eles próprios, contínuas transformações identitárias, de maneira que a DOXA acaba sendo o resultado de uma equação complexa em permanente transformação, marcada pela pluralidade e ambivalência.

A crença que se torna hegemônica no interior de uma tradição ou comunidade, institucionaliza-se, assim, a partir de uma dialética relação de choques e negociações com outras crenças que também buscam se estabelecer. Nesse processo, existem diferentes atores com diferentes interesses e posições no campo. E onde quer que se manifeste, a construção da crença estabelecida abrange nuances, jogos, mecanismos de afirmação de si em detrimento da marginalização do outro. E nos espaços mais democráticos e respeitosos em relação a crenças não-estabelecidas, e nos quais o pensamento hegemônico não tem um status dogmático e não recorre a mecanismos explicitamente violentos, esse processo é sobretudo eficaz, apresentando-se ainda mais elaborado, sutil e sofisticado.

CASA COMUM é uma comunidade cristã em construção em Alagoas, de cultivo à espiritualidade, oração, meditação, reflexão, diálogo e luta por justiça para todas e todos, conectada com a vida, a arte, a celebração à corporeidade e à diversidade, e a uma teologia bíblica  comprometida com a opção preferencial por quem sofre.

Etmologicamente, Casa Comum é uma possível tradução à expressão grega "oykoumene", que aponta para essa condição humana partilhada por todas e todos nós, independentemente de nossas diferentes histórias e experiências de vida, bem como de nossa identidade religiosa, étnico-racial, de gênero, orientação sexual, de classe social... todas e todos nós, filhas e filhos do mesmo ventre sagrado, somos moradores e moradoras de uma mesma Casa Comum: a condição humana parida pela Mãe Ruah sobre a face da Terra. Precisamos cuidar dela e uns dos outros.

Na tradição cristã oykoumene é a afirmação de uma unidade espiritual. Esta fé se traduz de forma prática no comprometimento macroético com vida digna para todas e todos, como sinal da imanência do Reino de Justiça! Reconhecendo nossas diferenças podemos aprender e constantemente reaprender a arte de com-viver, de orarmos uns pelos outros, de lutarmos por vida digna para todas e todos, de pastorearmo-nos mutuamente, de trabalharmos juntos em prol dos que mais precisam e, em diálogo reflexivo, de ouvirmos uns aos outros, e à voz da divina Ventania!