3d - 102.png

HISTÓRIA E CULTURA DOS POVOS INDÍGENAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM PEDAGOGIA NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

TATHIANA SANTOS SOARES

Esta pesquisa objetivou compreender como ocorre a formação inicial de professores em Pedagogia para o Ensino da História e Cultura dos Povos Indígenas nos anos iniciais do Ensino Fundamental, na Universidade Federal de Sergipe (UFS), Campus de São Cristóvão. Para tanto, nos propusemos a identificar as disciplinas da matriz curricular do curso de Pedagogia que possibilitam o estudo da História e Cultura dos Povos Indígenas; analisar os planos de ensino das disciplinas do curso de Pedagogia na referida instituição que abordam essa temática e identificar o conhecimento da História e Cultura dos Povos Indígenas, possibilitado na formação acadêmica de estudantes de Pedagogia do último período. De natureza qualitativa, a investigação teve como referência os pressupostos da fenomenologia-hermenêutica, evidenciando o que se mostra no fenômeno investigado, na interpretação da pesquisadora em diálogo com a base teórica que sustenta a análise. A pesquisa foi do tipo Estudo de Caso, por debruçar-se especificamente na análise do curso de pedagogia da Universidade Federal de Sergipe, Campus de São Cristóvão, o que implica em compreender o objeto nas especificidades temporais e espaciais. Especificidades que podem conter elementos que se refiram ao contexto mais amplo da formação de professores, mas que nesta análise estão circunscritos ao curso de Pedagogia da Universidade Federal de Sergipe, Campus São Cristóvão. A relevância desse estudo situa-se no fato de ser ainda um tema pouco abordado no cenário da pesquisa educacional sergipana. Como resultados, indicamos que a formação inicial de professores em Pedagogia da UFS, Campus São Cristóvão para o Ensino da História e Cultura Indígena, contempla de forma incipiente e escassa essa temática no currículo. Apenas a disciplina de Educação do campo menciona a temática indígena na ementa do curso. Nos planos de ensino, as disciplinas de Educação do campo e Ensino de História nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, a temática indígena é contemplada e são trabalhadas em sala de aula. Contudo, ficou evidenciado pela perspectiva dos estudantes do curso que colaboraram com essa pesquisa, que os conhecimentos sobre a História e Cultura dos Povos Indígenas são abordados de forma pontual e limitados, não se constituindo em subsídios adequados e aplicabilidade da lei 11.645/2008 nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Os resultados apontam também para a necessidade da Universidade Federal de Sergipe considerar a História e Cultura dos Povos Indígenas como campo de conhecimento importante e necessário na formação inicial de professores.