OCUPAÇÃO HUMANA

DO AGRESTE

PERNAMBUCANO

uma abordagem antropológica

para a história de Caruaru

JOSUÉ EUZÉBIO FERREIRA

Além de interagir como o contexto sociohistórico quando foi elaborado e tornado público, esse livro dialoga com outros textos, autores, ideias, percepções, conceitos, abordagens, evidenciando a importância e pertinência das reflexões do autor. Um livro esgotado com várias fotocópias circulando, justificando por si só, há muito tempo a necessidade de publicação dessa segunda edição revista. Com esse livro Josué Euzébio, discutiu com propriedade explicações consolidadas a partir de repetições, sobre as origens da palavra Caruaru. Elencando e dialogando com escritores, pesquisadores e intelectuais tratando do assunto, Josué pôs em dúvidas interpretações, questionou afirmações em um debate indispensável para novas pesquisas, evocando a identificação consistente das fontes, e, assim, possibilitando coerências com as exposições dos significados atribuídos a expressão de nominação Caruaru. O livro de Josué Euzébio vem sendo uma considerável e reconhecida contribuição para serem continuadas as discussões nos fluxos de novas pesquisas, estudos, abordagens nas reflexões acerca da colonização no Agreste/Semiárido pernambucano.