CAMINHOS DA LIBERDADE

história e memória dos quilombolas da Tabacaria


FRANCISCA MARIA NETA

Ser quilombola é a pessoa ser negro e querer ser! 
Querer ser quilombola, não importa a quantidade!
É você chegar num canto assim e dizer: eu sou quilombola!
Eu sou negro, eu me orgulho ser negro! 
Eu mesmo, eu me orgulho de ser quilombola e de ser negro!
O negro antigamente não sabia o valor que tinha, eu mesmo não sabia
.

Gerson Paulino dos Santos, 
Comunidade Quilombola Tabacaria